Pesquisar neste blogue

Meu Testemunho

Escrevo este testemunho não para me destacar a mim, nem homem algum, o meu único intuito é testemunhar o que Jesus fez por mim, a forma como a minha vida foi alterada, de onde ele me tirou, tudo o que Ele transformou e continua a transformar.

Nasci em Portugal, num bairro de Lisboa, os meus pais deram-me uma boa educação, ensinando-me a respeitar os outros e ensinando-me o que eu devia e não devia fazer.
No entanto a partir de uma certa idade entrei por caminhos que nada tinham haver com o que me foi ensinado, comecei por experimentar o tabaco, no qual me viciei (fumava perto de dois maços de tabaco por dia), envolvi-me numa vida de violência, comecei a fumar cannabis, o que se tornou também diário na minha vida (varias vezes ao dia), comecei a frequentar discotecas e "decidi" ir mais além, comecei a consumir álcool, exctasy, e cocaína, tive atitudes ilegais na minha vida, tornei-me um filho rebelde, agressivo e desrespeitador.

Todas as coisas que consumi e nas que me viciei iniciaram de forma lenta, algo do género "e só para experimentar",  acontece que rapidamente deixou de ser uma experiência para ser algo necessário na minha vida, e tudo me parecia normal, não via mal algum, misturava todas estas substancias numa só noite com todo risco que isso acarretava a nível de saúde física e mental , e até mesmo morte súbita.

Expus a minha vida ao perigo diversas vezes por coisas fúteis, lutas de rua, casos de violência que me deixaram marcas físicas.

Uma mulher com a qual me relacionei durante uns 6 meses que tinha HIV, tínhamos relações sexuais desprotegidos, ate ao dia que fiquei a saber que ela tinha aquela doença, pensei que a minha vida tinha terminado e que estaria contaminado também.

Resumindo, vivi uma vida de risco constante, poderia ter perdido a vida por diversas vezes, não dei valor algum a minha vida naquela altura, não que quisesse morrer, mas porque a cegueira que estava em mim não me deixava ver o risco que corria diariamente.

A minha mãe entretanto já se tinha convertido e orava por mim, eu discutia com ela diversas vezes por esse facto, por ela ir a igreja, por se tornar evangélica e porque de facto, estupidamente eu achava que a minha vida não estava mal.
Ate um dia, que Jesus me chamou, como nós sabemos, por vezes quem não vai por amor vai pela dor, e foi assim mesmo que aconteceu, uma noite pensei que estava a ter um enfarte, e a partir dai tudo mudou, fui chamado a atenção, afinal eu era mortal, e não queria morrer.
Andei em médicos durante uns 6 meses e todos me diziam que eu não tinha problema algum de coração nem doença alguma, o tempo que andei a pensar que estava doente foi o tempo que Deus achou necessário para me afastar do mundo, pois na altura fiquei a viver de medo, ansiedade, deprimido.
Estava desempregado e vi num jornal que precisavam do um empregado para uma loja, fui à entrevista, e os donos da loja aceitaram-me antes de continuarem a entrevistar as pessoas que ainda faltavam vir.
Nos primeiros dias de trabalho eles notaram que eu não estava bem, e decidiram falar comigo, perguntaram-me o que tinha, eu expliquei, e eles falaram-me de Jesus, o meu primeiro pensamento foi "não pode ser, estes também, já não me chega em casa....". Acontece que o sofrimento era tão grande que decidi "tentar" e fui com eles à igreja, que não era nada mais nada menos que a igreja que a minha mãe andava e eles nem se conheciam. A luta não terminou de imediato, demorou o tempo que Deus quis, ate que eu já não ia a igreja a procura da cura, mas sim porque conheci Jesus,e queria quero e quererei estar com Deus sempre.

Muitos dirão que com o consumo das drogas eu não morri porque tive sorte, pois eu digo que não morri porque Deus não permitiu.

A medicina disse-me que não apanhei HIV porque por vezes uma muito remota minoria pode não apanhar, meus amigos não facilitem, eu não apanhei HIV porque Deus não permitiu, fiz testes durante anos, sempre pensando que poderia ter ainda uma chance de ter apanhado, e sempre deu negativo, passados 6 anos, hoje 05/03/2012 eu, NÃO tenho HIV nem qualquer doença sexualmente transmissível.. O tempo de janela para o vírus poder não ser detectado era de 3 anos e agora com os novos testes é uma questão de semanas.

Nas cenas de violência, muitos também poderão dizer que tive sorte, meus irmãos eu digo que nada aconteceu porque Deus não permitiu.

Em relação aos vícios, pode não ser o nome apropriado para se dar a esta dependência, mas vocês vão entender, o meu "vicio" é JESUS.
Não consigo viver sem Ele, não quero viver sem Ele, e sem Ele não há vida.
O meu nome é Bruno Bica, este testemunho é verídico, e a única intenção é glorificar o nome do Senhor, e dar a saber a todo mundo que Ele é a solução verdadeira.
Ainda tenho coisas a conquistar, mas só será possível não porque sou especial, não porque tenho sorte, mas porque tenho Jesus.



Por favor, nós que usamos o facebook, passamos tantas vezes no nosso mural, imagens, frases bonitas etc, mas e os testemunhos do que o Senhor já fez por si? No blog tem um espaço para deixar testemunho, por favor, não tenha preguiça, não tenha vergonha,  o mundo precisa saber o porquê de nós crermos, nós temos obrigação de dizer o que o Senhor fez e faz por nós, deixe o seu testemunho, vamos nos unir só por um objectivo, JESUS.

5 comentários:

  1. Que Deus te abençõe e continue a utilizar para que possas através Dele passar estes testemunhos, que trazem esperança e coragem a todos os que necessitam. Tua irmã que te ama muito.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado Irmã, também te amo muito, fica com Deus.

    ResponderEliminar
  3. Nada é impossivel para Deus ! Ele transforma o Velho em Novo ! Tu és mais uma prova do poder que Deus tem em transformar vidas. Deus te abençoe meu irmão ;)

    ResponderEliminar
  4. Amem, Que Deus o ilumine, ilumine a sua família e seu ministério irmao

    ResponderEliminar
  5. Nao é por seres meu amigo, alem de agora estarmos bem mais proximos e de por vezes seres usado por DEUS para falar comigo, mas acompanhei algumas situaçoes do teu testemunho, e posso dizer ao mundo ou a quem quer que seja, que simplesmente nasces-te de novo, e quem te conhece sente que DEUS é contigo todos os dias.

    ResponderEliminar