Pesquisar neste blogue

sábado, 10 de março de 2012

O Sentido da fé

2Co 5.7: “ porque vivemos por fé, e não pelo que vemos”.


As nossas vidas são tão importantes, que não é a toa que Deus nos dotou de cinco sentidos que os chamamos de naturais; o olfato, tato, audição, visão e o paladar.


Pelo olfato podemos sentir e até distinguir as mais sensacionais flagrâncias dos perfumes provindos da natureza. Com o tato, podemos tocar, apalpar, sentir pelo toque os objetos, o pulsar nas nossas veias, além de desenvolvermos diversas atividades.


A audição, nos permite ouvir, escutar as mais belas sinfonias executadas pelas grandes orquestras ao mais simples ‘zumbido’ provocado por uma abelha. O mundo das palavras, os mais brilhantes sermões, as mais maravilhosas vozes, são percebidas pela audição. É com a visão, que percebemos as habilidades dos artistas plásticos e o que acontece ao nosso redor, e enfim; é pelo paladar que os melhores sabores são conhecidos, notamos o sabor do mel, mas também o sabor do fel.


A fé é o sexto sentido, está além dos naturais, na verdade é o elo entre o natural e o sobrenatural, é pela fé que aprendemos um novo andar, que está além da visão natural. 
É a segurança no poder do Evangelho, que conseguimos pela fé andar, caminhar na certeza do invisível, e apalpar as promessas feitas por Deus para nós, os que crêem.

                                                                                                                               Jeferson L.S.Rocha.

Sem comentários:

Enviar um comentário