Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 8 de março de 2012

Igreja - Reino Dividido

"Mas, conhecendo ele os seus pensamentos, disse-lhes: Todo o reino, dividido contra si mesmo, será assolado" Lc 11 vers 17
Nesta passagem Jesus afirma que TODO o reino dividido contra si, ou noutras traduções "entre si", será assolado, aqui não há excepção para um reino ou outro, inclui também o Reino de Deus, não que seja possível o Reino de Deus ser assolado nos locais celestiais, mas pode certamente ser abalado na terra, isto derivado a intervenção do homem.O cabeça da Igreja é Jesus, mas os membros do corpo são homens, e a esse corpo foi entregue a autoridade e responsabilidade para conduzir a igreja;
"18 Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela 19 E eu te darei as chaves do reino dos céus" Mt 16 vers 18 -19
Tal como no inicio da criação, naquela altura foi dada ao homem a responsabilidade de cuidar do jardim do éden, aqui foi dada a responsabilidade de gerir a igreja, tal como no jardim do éden o homem tinha livre-arbítrio e usou-o como entendeu, da mesma forma hoje em dia cada membro do corpo de Cristo tem responsabilidade sobre os seus atos de fazer ou não fazer algo inerente ás suas funções.
Na sequência o ato do homem interfere positiva ou negativamente no corpo de Cristo.

 Ainda com Jesus na terra, começou a haver um sentido de divergência entre os homens.

"49 E, respondendo João, disse: Mestre, vimos um que em teu nome expulsava os demónios, e lho proibimos, porque não te segue connosco. 50 E Jesus lhes disse: Não o proibais, porque quem não é contra nós é por nós." Lc 9 vers 49-50
A partir deste pensamento próprio do homem ate aos dias de hoje muitos decidiram ir por seus caminhos, segundo a sua "razão", a sua "verdade" fazendo com que o Reino de Deus esteja neste momento não assolado, mas certamente menos unido e por consequência dividido.
Essa divisao faz com que os membros do mesmo corpo trabalhem em funçao de si mesmos e nao em funçao do corpo.
Era como se enquanto caminhamos, a perna direita fosse para a frente e a esquerda de seguida se recusasse a executar o seu movimento, certamente não conseguiríamos andar.
O problema não se coloca tanto em relação a diferenças doutrinarias, mas sim em relação a radicalização existente entre os membros de denominações que por terem crenças diferentes em relaçao a certas materias, se separam dos outros que tambem proclamam Jesus como o unico Senhor e Salvador, nao vendo que a base da salvação é a mesma e que o Salvador tambem é o mesmo.
Chegando ao ridículo, de quando se encontra uma pessoa crente, convertido, fiel a Deus, ainda evangelizam essa pessoa para sua própria igreja, num pensamento deste espécie "bom, já conheces Jesus, mas vem para a minha igreja, porque nessa que andas..."

"1 E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a canais, como a meninos em Cristo. 2 Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis, 3 Porque ainda sois carnais, 4 Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo,  5 Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o Senhor deu a cada um? 6 Eu plantei, Apolo regou, 7 Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento. 8 Ora, o que planta e o que rega são UM, 9 Porque nós somos cooperadores de Deus, 10 Segundo a graça de Deus que me foi dada, pus eu, como sábio arquiteto, o fundamento, e outro edifica sobre ele, 11 Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. " 1ª Cor 3 vers 1-11
Não acontece o mesmo hoje em dia? "Eu sou da denominação A, eu sou da denominação B..." segundo estes versículos, estamos nós a ser espirituais? Estamos em cooperação uns com os outros para bom funcionamento do corpo? é UM corpo ou vários?

Quer isto dizer que nos devemos considerar irmãos toda gente que diz crer em Jesus? devemos então frequentar nós qualquer denominação simplesmente porque falam de Jesus? Não, claro que não, temos que ver o fruto, essa denominação tem que ter Jesus Cristo como Único Senhor e Salvador, não pode cometer idolatria de espécie alguma, tem que haver amor, tem que pregar a palavra de Deus tal como esta escrita.
A base para sermos parte do mesmo corpo consiste em crermos no mesmo Senhor e Salvador e viver segundo a sua vontade e santidade, tudo o que for contrario à sua palavra não pode ser aceite.

A divisão encontra-se muitas vezes por causa de  crenças diferentes, nao em relaçao ao Salvador, mas a outras doutrinas.
Por exemplo, os cristãos tradicionais crêem na base da salvação, Jesus Cristo é  o pilar da sua fé, no entanto por sua interpretação das escrituras, não crêem que Deus fala hoje como falou com os profetas, não crêem em sonhos, visões etc.
Ja os pentecostais, têm a mesma base da salvação, Jesus Cristo e acreditam em sonhos, visões etc.
Faz isto com que sejamos diferentes? Rivais? Não temos na mesma o mesmo Deus? Nao vivemos para fazer a vontade do Senhor e viver segundo a Sua palavra?

Não entrando em questões doutrinarias, temos que "aceitar" o facto daquele irmao nao crer em sonhos de revelaçao vindos de Deus, isso nao faz dele nosso inimigo ou filho de outro Deus, de facto se alguem se prejudica é ele mesmo nao estando a usifruir do poder de Deus por Completo.
Mas é nosso irmão, faz parte do nosso corpo, e frequenta a denominação que entender, e nós temos que ganhar os que ainda não estão ganhos para Cristo, é nessa altura que usamos os talentos e não quando simplesmente cremos ganhar um já convertido para a nossa denominação.

Vamos rejeitar nossas facções, inimizades, porfias, discórdias, dissensões, invejas etc, pois isto são frutos da carne.

"19 Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, 20 Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, 21 Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus."  Gálatas 5 vers 19-21
Vamos fazer a nossa obrigação, somos UM, vamos ajudar o outro membro a desempenhar a sua função e se não o conseguir nós ajudamos, vamos usar dos frutos do espírito e não da carne.

"22 Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. 23 Contra estas coisas não há lei. 24 E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. 25 Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. 26 Não sejamos cobiçosos de vanglorias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros." Gálatas 5 vers 22-26
Queremos ser Igreja forte, santa, poderosa, consagrada, queremos ganhar almas, vencer o maligno, agradar a Deus, e fazermos o que temos que fazer para todo o corpo funcionar na perfeição.

"15 Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, 16 Do qual todo o corpo, bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor." Efésios 4 vers 15-16

Que a paz do Senhor Jesus Cristo nos acompanhe hoje e sempre, Amém.

Sem comentários:

Enviar um comentário